Audiência pública sobre a participação de Palhoça na Rede Integrada de Transporte Coletivo será realizada na segunda-feira, dia 25

51
Ônibus Jotur Palhoça
Foto: Diogo Carvalho
Publicidade

Está marcada para às 19h da próxima segunda-feira, dia 25 de novembro de 2019, a audiência pública na Câmara Municipal de Palhoça para tratar da presença da cidade de Palhoça no Sistema de Transporte Coletivo Integrado da Grande Florianópolis. Na audiência pública será definido se Palhoça vai participar ou não do projeto.

O Governo do Estado de Santa Catarina havia notificado a Prefeitura de Palhoça, para que o projeto fosse aprovado até o dia 8 de novembro, entrentanto a Câmara Municipal de Palhoça disse que precisava analisar o projeto e realizar a audiência pública.

O prefeito de Palhoça, Camilo Martins, disse à rádio CBN Diário que precisava de mais esclarecimentos sobre o projeto, como a quantidade de linhas municipais envolvidas (se haverá diminuição de algumas delas) e se aumentaria ou não o valor da tarifa. O prefeito disse que as respostas para os principais questionamentos feitos ao governo estadual vieram depois de 120 dias.

Publicidade

Camilo Martins ainda diz que para o projeto começar é preciso que o governo estadual construa corredores exclusivos para ônibus e terminais de ônibus integrados para os coletivos fazerem a integração com a capital catarinense. “O governo estadual precisa estar com o projeto pronto”, disse o prefeito.

Por outro lado, a Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Florianópolis (SUDERF) informou que o governo estadual não deseja criar polêmica quanto ao projeto de integração do transporte metropolitano e que o projeto é importante para o passageiro e desenvolver a mobilidade urbana da Grande Florianópolis.

A Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Florianópolis também informou que se coloca a disposição da Câmara Municipal de Palhoça para apresentar o projeto com mais detalhes e mostrar como ele vai melhorar o transporte coletivo da região.

Todas as cidades da Grande Florianópolis já confirmaram que irão participar do projeto, somente Palhoça que ainda não. Caso a Câmara Municipal decida pelo veto do projeto, o governo estadual não vai incluir as linhas metropolitanas de Palhoça e o projeto será revisado.

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui