Serviço emergencial nas pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles está em processo de contratação

O estudo apresentado pela empresa contratada para elaborar o laudo técnico da situação estrutural das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles identificou que seis blocos precisam ser recuperados emergencialmente, sem necessidade de interdição das estruturas. Ele ainda apontou os serviços que devem ser realizados gradativamente.

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade esclareceu que em novembro de 2019, com base em levantamento realizado por técnicos do órgão, determinou o processo de contratação de uma empresa para elaboração do laudo técnico. Em dezembro de 2019, a empresa foi contratada para fazer a avaliação técnica e em fevereiro deste ano, o laudo foi concluído.

Em 2 de março, o projeto para execução da obra emergencial nos seis blocos terminou de forma que os trabalhos serão realizados simultaneamente em dois blocos.

“Todo o processo foi realizado de forma bastante célere, em que pese a complexidade do projeto de recuperação estrutural, e todas as decisões foram tomadas com muita responsabilidade e embasadas pelos conhecimentos técnicos apresentados”, explica o secretário da Infraestrutura, Thiago Vieira.

Desde o conhecimento do estudo, a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade informou que está trabalhando em conjunto com o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público de Santa Catarina para iniciar o processo de dispensa de licitação para contratar empresa com expertise nos serviços que precisam ser realizados emergencialmente.

No dia 2 de abril, foi iniciado o processo de contratação das obras, com envio de cotação para nove empresas, sendo que cinco delas apresentaram propostas que estão em fase final de análise de técnica e preço. A previsão é que a contratação da empresa ocorra nos próximos dias e os trabalhos emergenciais sejam iniciados em junho.

“Nesta gestão foi iniciada a primeira manutenção das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Machado Salles e, com comprometimento e responsabilidade, o Governo do Estado está tomando todas as medidas necessárias para recuperação das estruturas e para garantir a segurança dos usuários”, reforça Thiago Vieira.

Manutenção das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles

Iniciada em fevereiro de 2019, as obras de manutenção das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Machado Salles estão com 34% dos serviços executados. O projeto de manutenção foi licitado em 2016, e teve como base um estudo realizado em 2015, que não apontou problemas na parte estrutural dos seis blocos que precisam ser recuperados emergencialmente.

Dentro das obras de manutenção estão sendo realizados trabalhos de recuperação estrutural dos pilares e vigas em pontos localizados, hidrojateamento, pinturas metálica e impermeabilizante, montagem e desmontagem de andaimes.

A passarela de pedestres da ponte Pedro Ivo Campos está interditada desde o dia 4 de maio para dar continuidade aos serviços de manutenção da ponte e permanecerá fechada até a conclusão das obras. Como alternativa, pedestres e ciclistas deverão utilizar as passarelas da Ponte Hercílio Luz. O prazo contratual para conclusão das obras de manutenção é fevereiro de 2021.

Mobilidade Floripa

A redação do Mobilidade Floripa é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Florianópolis e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@grupopln.com.br.

2 thoughts on “Serviço emergencial nas pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles está em processo de contratação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.