Em São José, Carlos Moisés libera R$ 48,5 milhões para construção de nova avenida

148
Foto: Divulgação/Prefeitura de São José
Publicidade

A cidade de São José, na Grande Florianópolis, vai ganhar uma nova avenida. Trata-se da Beira-Rio Forquilhas, que promete desafogar o trânsito de nove bairros da região sul do município. Nesta terça-feira, dia 5 de outubro de 2021, o governador Carlos Moisés celebrou um convênio para o repasse de R$ 48,5 milhões para a obra, que será realizada pela Prefeitura de São José. Ao todo, a construção da nova via custará R$ 61,1 milhões, dos quais R$ 12,6 milhões são a contrapartida do município.

Segundo o governador, atos como o desta terça-feira demonstram o caráter municipalista da atual gestão estadual. Ele salienta que o investimento em São José reflete a importância da cidade para o Estado de Santa Catarina. Com mais de 250 mil habitantes, hoje é a quarta mais populosa do Estado.

“É uma obra que vai ajudar bastante na mobilidade urbana, impactando mais de 100 mil pessoas. São José é importante para Santa Catarina, e esse investimento Governo do Estado reconhece isso. Estamos fazendo aportes em todas as regiões de Santa Catarina. Ninguém será esquecido”, afirma o governador.

Publicidade

Cerca de 60 mil veículos passam pela região de Forquilhinhas todos os dias para acessar a BR-101. A Beira-Rio de Forquilhas vai ligar a Rua Antônio Jovita Duarte com a SC-281, contando com ciclovias e duas faixas de rolamento em cada lado do rio.

Foto: Divulgação

O prefeito Orvino Coelho de Ávila ressalta que esse será o maior investimento direto do Governo do Estado de Santa Catarina, em São José, nos últimos anos. Além da construção da avenida, com duas pistas de rolamento para cada lado, também ocorrerá o desassoreamento do Rio Forquilhas, reduzindo os riscos de inundação na área.

Essa é uma obra também com um caráter social. Ela vai mudar toda aquela região. A cidade só pode crescer para aquele lado, e precisamos fazer isso de maneira ordenada. Quanto melhor a infraestrutura, melhores serão as construções”, diz o prefeito.

A intenção da Prefeitura é realizar o processo de licitação ainda neste ano, a fim de que os trabalhos tenham início no primeiro trimestre de 2022. A previsão é que a obra seja concluída 12 meses após a ordem de serviço. Ele agradeceu ainda ao governador pelo gesto de realizar o repasse.

“Essa parceria com o Governo do Estado é fundamental. Hoje os municípios não têm suporte financeiro para bancar obras desse tamanho. É um marco histórico na cidade, pois é a primeira vez que comseguimos um aporte dessa monta”, complementa Orvino.

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, lembrou que esse é o segundo maior convênio em volume de recursos feito pela atual gestão: “Isso demonstra a importância da obra. Somente a Ageu Medeiros, no Sul do Estado, tem mais recursos, porém ela impacta dois municípios: Laguna e Tubarão. Essa obra é exclusiva para São José”.

Foto: Divulgação/Prefeitura de São José
Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui