Ocorrência policial termina em morte e pessoas atropeladas na BR-101 entre Balneário Camboriú e Itajaí

269
Foto: Polícia Militar/Reprodução
Publicidade

No final da tarde deste domingo (18), uma ocorrência de perseguição seguida de morte mobilizou as forças de segurança de Balneário Camboriú e Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina. Um homem perdeu a vida em um confronto com a Polícia Militar após fugir pela BR-101 e causar um acidente com vítimas.

Segundo informações da PM, a situação teve início quando um veículo Fox foi abordado no cruzamento da Rua 1401 com a Avenida Atlântica, em Balneário Camboriú. Prévio a isso, o condutor do veículo estava aparentemente em surto em frente a uma igreja, ameaçando e causando preocupação entre os transeuntes.

Os policiais tentaram abordar o veículo usando sinais sonoros e luminosos na tentativa de interceptação, mas o condutor empreendeu fuga por dentro da cidade até acessar a BR-101, sentido Norte. Na rodovia, tentou realizar ultrapassagens pelo acostamento, resultando em um giro na pista, próximo à concessionária Volvo.

Publicidade

A perseguição teve desdobramentos trágicos quando o veículo em fuga colidiu com uma motocicleta, conduzida por um homem de 48 anos, que levava uma carona de 42 anos. Ambos foram arremessados para fora da pista, juntamente com a moto, sendo encaminhados ao Hospital Marieta Konder Bornhausen pela ambulância da Arteris. O estado de saúde das vítimas não foi divulgado.

Um Jeep Renegade também se envolveu no acidente, ocorrido na altura de Itajaí, mas o condutor, de 41 anos, não sofreu lesões.

Posteriormente, o veículo Fox, ainda em fuga, saiu da pista e percorreu alguns metros pela grama até cair em uma vala. O condutor abandonou o veículo e fugiu, escondendo-se em um matagal próximo.

As equipes de busca localizaram o homem no matagal, portando uma arma. Em resposta à situação, os policiais atiraram e o homem veio a óbito. O local foi isolado, e as autoridades competentes, como a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, IGP e IML, foram acionadas.

O homem, que estava armado com uma pistola, não possuía mandado de prisão em aberto, apesar de ter histórico criminal conhecido.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui