Greve parcial de ônibus em Blumenau nesta sexta-feira, dia 14

Motoristas e cobradores de ônibus de Blumenau realizaram uma greve parcial de ônibus entre a madrugada e o início da tarde desta sexta-feira, dia 14 de fevereiro de 2020.

O presidente do Sindetranscol (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Blumenau), Ari Gerner, disse ao Bom Dia Santa Catarina, que somente 10% dos trabalhadores chegaram a paralisar as atividades, atendendo a uma determinação da justiça.

O sindicato paralisou integralmente o Terminal Garcia e as linhas que o atende, na região sul da cidade. A linha Troncal 10 operou normalmente.

O desrespeito à liminar da justiça poderia implicar em uma multa para o sindicato de R$ 100 mil diariamente. Na tarde desta quinta-feira, dia 13 de fevereiro, o sindicato dos trabalhadores anunciou que haveria essa paralisação, que de fato acontece parcialmente nesta sexta-feira.

Segundo o sindicato, o movimento realizado nesta sexta-feira, foi um protesto diante da paralisação das negociações e da intransigência da empresa Blumob no atendimento mínimo da reinvindicação da data base da categoria que é de 1º de novembro de 2019.

A categoria já havia aprovado em assembleia na quarta-feira, dia 5 de fevereiro, o estado de greve e esta paralisação foi mais um capítulo do impasse envolvendo os trabalhadores e a empresa Blumob que já dura três meses e até agora eles não chegaram em um acordo.

O presidente do sindicato, Ari Gerner, conversou com o Bom Dia Santa Catarina, ele disse que a negociação se arrasta há mais de três meses. “A gente está pedindo a compreensão de todos, a nossa situação, a nossa campanha salarial se arrasta desde novembro do ano passado e por falta de intransigência por parte da empresa, até da Prefeitura, que não faz parte da negociação, a gente quer negociar, a gente está cumprindo a liminar, está trabalhando 90% normal e esperamos que a negociação volte, a gente espera avançar em alteração de data-base, avançar em alteração de nome de cobrador pra agente de bordo, isso não custa dinheiro, não sobrecarrega o valor da passagem e várias outras claúsulas sociais e sindicais que a gente quer manter tudo”, disse Ari Gerner.

A empresa Blumob disse ao Bom Dia Santa Catarina que “A Blumob corrigiu os salários e benefícios desde 1º de novembro de 2019, em 2,55%, o índice acumulado de 12 meses naquele período, assim o salário de motoristas e cobradores foram ajustados respectivamente para R$ 2.614,00 e R$ 1.530,00. O vale-alimentação concedido a todos os empregados passou para R$ 820,40 mensais, além disso mesmo sem instrumento coletivo assinado tem sido respeitada integralmente a convenção coletiva anterior sem perda de qualquer direito ou benefício dos trabalhadores.”

Atenção

O sindicato informou no fim da manhã, em sua página no Facebook, que enquanto não houver uma negociação, existe a possibilidade de novas paralisações parciais nos próximos dias.

“O Sindetranscol informa que o protesto desta sexta-feira (14) encerra ao final do primeiro turno. Neste sábado e domingo o transporte coletivo funcionará normalmente. Os protestos e mobilizações serão retomados a partir de segunda-feira (17).”

Trânsito

A Prefeitura de Blumenau chegou a liberar nesta sexta-feira, o uso de veículos em todos os corredores de ônibus da cidade, com exceção do corredor da Rua 2 de Setembro, no sentido contrário da via.

Por volta das 6h50, o trânsito estava intenso na Rua Sete de Setembro e havia poucos passageiros na estação Catedral.

Por volta das 7h50, o trânsito estava complicado na Rua Amazonas, no entorno do Terminal Garcia.

Eduardo Paulino

Paulistano, aquariano e prestativo. É apaixonado pelos temas marketing digital, mobilidade urbana, recursos humanos e empreendedorismo. É o criador dos sites Mobilidade SampaMobilidade Curitiba, Mobilidade RioMobilidade Floripa e Mobilidade Porto Alegre. Quer entrar em contato com o Eduardo? Escreva para eduardo@grupopln.com.br.

One thought on “Greve parcial de ônibus em Blumenau nesta sexta-feira, dia 14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.