Greve parcial de ônibus em Blumenau nesta quarta-feira, dia 26

A cidade de Blumenau teve entre a manhã e tarde desta quarta-feira, dia 26 de fevereiro de 2020, uma greve parcial de ônibus, cerca de 10% dos trabalhadores estavam paralisados.

Segundo o Sindetranscol, a paralisação parcial foi motivada porque “não houve acordo na negociação coletiva de trabalho da categoria, a data-base era pra ter sido no dia 1º de novembro de 2019″, de lá pra cá, já houve outra paralisação parcial no dia 14 de fevereiro.

O diretor de Patrimônio do Sindetranscol, Ari Germer, disse ao Bom Dia Santa Catarina que a categoria estava respeitando a liminar em que até 10% dos trabalhadores podia paralisar as atividades, a categoria tem cerca de 1200 trabalhadores.

A BluMob está sendo intransigente para negociar e não sentaram pra conversar, estão paradas algumas linhas troncais e alimentadoras, mas tem um ônibus pra cada linha parada, está sendo feito um remanejamento”, disse Ari Germer.

A empresa BluMob divulgou uma nota para a imprensa informando que “a liminar da justiça segue valendo, ou seja, 90% dos trabalhadores deve continuar trabalhando, caso contrário existe uma multa diária que poderá ser aplicada no valor de R$ 100 mil para o sindicato”.

A Prefeitura de Blumenau também se manifestou e disse que “a Secretaria de Trânsito e Transportes da cidade vai fiscalizar para ter certeza e garantir que 90% dos trabalhadores estão em atividade e vai divulgar as linhas e horários que não estão funcionando pelo site, redes sociais e aplicativo da BluMob. Estamos cobrando da empresa concessionária uma solução e se houver negociação e a BluMob atender o pedido de reajuste salarial de 5%, resultaria num aumento de R$ 0,13 da passagem, mas essa é uma negociação que precisa ser feita entre a concessionária e o sindicato”.

Cerca de 34 linhas de ônibus estavam afetadas com problemas ou atrasos e estavam sendo substituídas. Os ônibus que não chegavam aos terminais, estavam sendo feito um remanejamento de outras linhas.

A Prefeitura de Blumenau divulgou uma lista das linhas de ônibus que chegaram a ser afetadas pela greve parcial:

11
12
15
17
32
102
104
106
111
112
113
114
120
122
123
124
125
152
153
154
155
158
214
320
501
601
603
605
606
607
616
702
704
902

A Secretaria de Trânsito e Transportes informou que os corredores de ônibus da cidade, com exceção da Rua Dois de Setembro, estavam liberados.

Os passageiros relatavam nos terminais de ônibus atrasos e superlotação nos coletivos, muitos passageiros recorriam aos aplicativos de transporte individual e reclamavam que a empresa BluMob não avisou quais linhas haviam paralisado.

Eduardo Paulino

Paulistano, aquariano e prestativo. É apaixonado pelos temas marketing digital, mobilidade urbana, recursos humanos e empreendedorismo. É o criador dos sites Mobilidade SampaMobilidade Curitiba, Mobilidade RioMobilidade Floripa e Mobilidade Porto Alegre. Quer entrar em contato com o Eduardo? Escreva para eduardo@grupopln.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.