Carlos Moisés reforça prioridade na infraestrutura em evento sobre a BR-101 do futuro

O governador Carlos Moisés participou nesta sexta-feira, dia 4 de setembro de 2020, de um evento organizado pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina para debater a BR-101 do futuro. O principal tema do encontro foram os entraves para a conclusão do Contorno Viário da Grande Florianópolis, cujas obras do trecho sul ainda não foram iniciadas.

Em sua explanação, o governador destacou a importância da rodovia federal para Santa Catarina, um dos principais eixos de logística do Brasil. O governador demonstrou seu interesse em ver concluída a obra do Contorno Viário da Grande Florianópolis e salientou que o Governo do Estado de Santa Catarina também vem realizando importantes obras de infraestrutura com recursos próprios, como as duplicações do Eixo Industrial de Joinville e do trecho estadualizado da BR-280, entre Guaramirim e Jaraguá do Sul.

“Os investimentos em infraestrutura são uma bandeira do nosso governo. Eles são fundamentais para gerar riqueza e levar Santa Catarina a um estado de excelência. Estamos escolhendo obras que impactem de forma regionalizada. Assumimos o compromisso de continuar investindo em Santa Catarina. Tenho certeza de que essa é a vontade também do Governo Federal. Quero me irmanar à Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina nesse movimento pela BR-101”, disse o governador.

O evento, que ocorreu de forma virtual, teve a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, além de representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres, do Tribunal de Contas de União e do Grupo Arteris, responsável pela concessão do trecho Norte da BR-101. O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, Mario Cézar de Aguiar, conduziu os trabalhos.

O ministro e o representante da Agência Nacional de Transportes Terrestres explicaram a necessidade do reequilíbrio econômico-financeiro para o início dos trabalhos no trecho sul do Contorno Viário, que exigem a construção de três túneis não previstos no traçado anterior.

Em agosto, uma medida cautelar emitida pelo Tribunal de Contas de União, por meio do ministro Raimundo Carneiro, suspendeu o reajuste de 44% no pedágio, que saltaria de R$ 2,70 para R$ 3,90. Dias depois, foi autorizado um aumento menor, e a tarifa passou para R$ 3. O atual prazo para a conclusão do Contorno Viário da Grande Florianópolis é o segundo semestre de 2023.

Mobilidade Floripa

A redação do Mobilidade Floripa é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Florianópolis e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@grupopln.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.