Previsão de trânsito na BR-101 e BR-116 no feriado de Ano Novo

309
BR-101 em Penha
BR-101, na altura do quilômetro 106, em Penha (Foto: Reprodução/Google Street View)
Publicidade

As concessionárias Arteris Litoral Sul e Arteris Planalto Sul informaram a projeção de dias e horários de maior movimento nas rodovias BR-101 e BR-116, no feriado de Ano Novo, considerando o histórico de anos anteriores e atual tendência de tráfego.

Confira abaixo:

BR-101 (Arteris Litoral Sul)

Entre Garuva e Palhoça.

Publicidade
  • 30 de dezembro (quarta-feira): das 14h à meia-noite;
  • 31 de dezembro (quinta-feira): das 8h às 20h;
  • 4 de janeiro (segunda-feira): das 12h à meia-noite.

Trechos de maior atenção:

Neste período de fim de ano e verão, os motoristas precisam redobrar a atenção nas proximidades de acessos de cidades como Curitiba, Joinville, Itajaí, Balneário Camboriú, Itapema e Florianópolis. Nessas regiões, e também nas entradas e saídas das cidades litorâneas, pode haver formação de retenção repentina.

Por isso, é necessário dirigir com máximo cuidado, respeitando principalmente a distância segura do veículo que trafega à frente – 30 metros com fluxo em movimento.

Além disso, o trecho na divisa entre Araquari e Barra Velha – na BR-101 – também merece atenção especial dos condutores. Neste trecho, a concessionária realiza obra fixa de reforço na ponte sobre o Rio Itapocu (quilômetro 80,1) – com desvio de tráfego em ambos os sentidos do quilômetro 79 ao quilômetro 81 – permanecendo duas faixas para cada sentido, mas com fluxo de uma faixa no sentido norte (Curitiba) desviado para a pista oposta.

BR-116 (Arteris Planalto Sul)

Entre Curitiba e Capão Alto (Santa Catarina).

  • 30 de dezembro (quinta-feira): das 14h à meia-noite;
  • 31 de dezembro (sexta-feira): das 8h às 20h;
  • 4 de janeiro (segunda-feira): das 12h à meia-noite.

Trechos de maior atenção:

Neste período de fim de ano e verão, os motoristas devem redobrar a atenção no trecho entre Curitiba e Fazenda Rio Grande, em Mandirituba entre os quilômetros 147 e 154, com atenção no acesso a Piên.

Já no trecho catarinense pode haver formação de retenção em Mafra, entre os quilômetros 3 e 5 e também no trevo de acesso à Canoinhas, no quilômetro 11. No município de Santa Cecília pode haver filas entre os quilômetros 131 e 133, e ao sul em Lages, na região do quilômetro 239 até o quilômetro 251.

Por isso, é necessário dirigir com máximo cuidado, respeitando principalmente a distância segura do veículo que trafega à frente – 30 metros com fluxo em movimento.

Publicidade

11 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui