Porto de Imbituba bate recorde histórico no primeiro semestre com crescimento expressivo nas operações de exportação e granéis agrícolas

180
Publicidade

O Porto de Imbituba alcançou um recorde histórico de movimentação no primeiro semestre, com um total de 3,7 milhões de toneladas movimentadas de janeiro a julho.

Isso representa um crescimento de 6,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram movimentadas 3,5 milhões de toneladas de mercadorias.

O aumento na movimentação foi impulsionado principalmente pelas operações de exportação, que cresceram 33,7% e representaram 52,1% da tonelagem total transportada.

Publicidade

As operações de importação, por outro lado, corresponderam a 35,6% da tonelagem total, com uma queda de 17,8% em relação ao ano anterior.

A navegação dentro do Brasil (cabotagem) representou 12,3% da movimentação do Porto, com um aumento de 5,5% em relação ao ano passado.

Os granéis sólidos foram os segmentos de cargas mais atendidos, com 83,1% do total movimentado e um aumento de 12,9%.

Em seguida, a operação de contêineres correspondeu a 11,3% do total movimentado.

A carga geral teve a maior retração, com -38,9%, obtendo 5,3% da movimentação total, seguida pelo granel líquido, com 0,3% e uma queda de 12,2%.

As principais cargas transportadas no primeiro semestre foram coque de petróleo, farelos de milho e soja, contêineres, sal e milho, entre outros produtos.

O aumento nas operações de granéis agrícolas foi um dos principais fatores responsáveis por esse crescimento na movimentação do Porto.

A expectativa é de que essa tendência de crescimento continue no segundo semestre, com previsão de encerrar o ano com novo recorde operacional e avanços em infraestrutura para o Porto, incluindo as obras de ampliação do Cais 2 e recuperação e reforço do Cais 3.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui