Ponte sobre Rio Camboriú, na marginal norte, reduz 43% dos acidentes por colisões traseiras e engavetamentos na BR-101

Levantamento com base em estatísticas da Arteris Litoral Sul compara os dois semestres de 2021 - antes e depois da inauguração da ponte

106
Ponte sobre o Rio Camboriú
Foto: Divulgação/Arteris Litoral Sul
Publicidade

A nova ponte sobre o Rio Camboriú – inaugurada pela concessionária Arteris Litoral Sul em 2021 na via marginal norte (km 135) – contribuiu diretamente para redução de 43% dos acidentes por colisões traseiras e engavetamentos no sentido norte da BR-101, entre Itapema e Balneário Camboriú.

A estrutura com 426 metros de extensão por 10,3 metros de largura trouxe uma opção de acesso mais segura para o município – e está em operação desde o dia 30 de junho de 2021. Com isso, o tráfego de acesso local foi direcionado para via marginal, contribuindo para fluidez do tráfego. No total, aproximadamente R$ 19 milhões foram investidos pela Arteris Litoral Sul nessa obra.

O volume de acidentes por colisões traseiras e engavetamentos reduziu de 48 ocorrências (primeiro semestre de 2021) para 27 (segundo semestre, após a inauguração da ponte) – no segmento entre o km 143 e o km 133 do sentido norte da BR-101. Em relação ao volume total de acidentes, também houve redução de 25%.

Publicidade

“Os dados demonstram que a ponte trouxe exatamente o ganho de mobilidade esperado – contribuindo para segmentar o fluxo local e de longa distância, trazendo maior segurança viária para todos”, avalia José Júnior, gerente de operações da concessionária.

E as melhorias para o trânsito na região devem continuar – isso porque as obras da construção da ponte também sobre o Rio Camboriú, na marginal sul, estão avançadas, já com percentual de 92,7% de execução. A projeção é que a estrutura seja inaugurada ainda neste primeiro semestre – com investimento total de R$ 11,6 milhões por parte da concessionária.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui