Grupo CCR apresenta nova marca para divisão de aeroportos

O lançamento da marca faz parte de sua estratégia de ampliação da atuação no modal, marcada pelo início das operações dos 15 aeroportos conquistados na 6ª Rodada Concessões de Aeroportos do Governo Federal e também do Aeroporto da Pampulha, concedido pelo Governo de Minas

82
Aeroporto de Navegantes
Foto: Divulgação/Ministério da Infraestrutura
Publicidade

Grupo CCR apresenta, neste mês fevereiro, uma nova marca para a CCR Aeroportos, divisão do Grupo que gere os negócios no modal. Esse movimento faz parte do posicionamento da companhia em sua atuação e crescimento no setor aeroportuário. A ação acompanha a estratégia de início das operações dos 15 novos aeroportos conquistados na 6ª Rodada de Concessões do Governo Federal, em março, além do Aeroporto da Pampulha, concedido pelo Governo do Estado de Minas Gerais, que deve terminar sua transição operacional ainda no primeiro semestre de 2022.

A CCR Aeroportos tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento dos oito estados atendidos pelo modal, sendo referência na geração de negócios, promoção do turismo, criação de novos empregos, entre outros. Em seu portfólio, a CCR também opera o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, e outros três aeroportos internacionais, no Equador, na Costa Rica e em Curaçao.

“A criação de uma marca exclusiva para a operação de aeroportos significa uma nova etapa do processo de expansão do Grupo no segmento aeroportuário e reforça nossos objetivos de proximidade e desenvolvimento nas regiões atendidas pelos aeroportos”, destaca Cristiane Gomes, presidente da CCR Aeroportos.

Publicidade

Novas operações

Deste novo conjunto concedido no ano passado, nove aeroportos passarão a ser operados pela companhia a partir do dia 9 de março. São eles: Londrina e Bacacheri, no Paraná; Bagé, Pelotas e Uruguaiana, no Rio Grande do Sul; Joinville, em Santa Catarina; Imperatriz, no Maranhão; Petrolina, em Pernambuco; e Palmas, no Tocantins.

No dia 24 de março, outros três aeroportos passarão a ser operados pela empresa, que são: Goiânia, capital de Goiás; São Luís, capital do Maranhão, e Teresina, capital do Piauí.

E, finalmente, em 31 de março, a CCR Aeroportos assume mais três: os de Curitiba e Foz do Iguaçu, no Paraná, e o de Navegantes, em Santa Catarina. O investimento previsto nestes aeroportos é de R$ 4,86 bilhões, ao longo de 30 anos.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui