Chamamento público para disponibilizar guincho nas pontes será lançado

ônibus eucatur guincho

No final da madrugada desta segunda-feira, dia 11 de março, um ônibus de dois andares da empresa Ecatur quebrou na curva do acesso que leva à Avenida Beira Mar Norte e à Avenida Paulo Fontes, após a saída da Ponte Pedro Ivo Campos.

A faixa de rolamento da direita, a mais próxima do lago com as bandeiras, ficou bloqueada com o ônibus quebrado. Funcionários da Ecatur utilizaram lanternas para orientar os motoristas que passavam pelo local e cones para sinalizar o bloqueio temporário.

O congestionamento causado pelo ônibus quebrado atingiu a Via Expressa, os bairros Coqueiros, Estreito e Capoeiras e chegou a alcançar a Rodovia BR-101. Após quase cinco horas o ônibus foi retirado da pista por um guincho providenciado pela empresa Eucatur.

O Comandante da Guarda Municipal de Florianópolis, Ivan Couto, disse que o prefeito Gean Loureiro determinou a abertura de um processo de chamamento público para encontrar uma empresa que disponibilize um guincho para ficar de sobreaviso durante 24 horas por dia nas alças das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles.

O guincho atenderá não somente as duas pontes, mas também a Via Expressa e as ruas da capital catarinense.

“O prefeito determinou na manhã de hoje, em virtude do que aconteceu, que seja feito ainda nesta semana um chamamento público para que alguma empresa interessada em usar o espaço público de Florianópolis para publicidade de sua marca, posso colocar à disposição um guincho que ficaria à disposição 24 horas para resolver os problemas na ponte e seu entorno”, explica Ivan Couto.

Enquanto o chamamento público não acontece, a Prefeitura de Florianópolis contratou de forma emergencial um guincho que começou a ficar de prontidão junto à cabeceira das pontes, que ligam a Ilha ao Continente, na manhã desta quinta-feira, dia 14 de março.

guincho 24 horas
Foto: Divulgação/Prefeitura de Florianópolis

O caminhão guincho contratato pela prefeitura ficará a disposição durante 24 horas, posicionado na cabeceira do Continente durante a manhã e na Ilha durante a tarde e noite. O veículo tem capacidade para remover veículos pesados.

Teremos um custo de R$ 24 mil mensais, arcados totalmente pela Prefeitura de Florianópolis. O guincho estará disponível todos os dias, inclusive nos fins de semana, e também vai disponibilizar atendimentos na Ilha, devido à dificuldade de deslocamento de Palhoça até o local”, disse o prefeito Gean Loureiro.

O guincho deverá tirar o veículo que quebrar no local e levá-lo até um recuo para que não complique o trânsito. A partir desse momento, o proprietário do veículo fica responsável em removê-lo até uma oficina mecânica ou outro ponto.

Trânsito

– Acompanhe as informações do trânsito de Florianópolis e Região Metropolitana seguindo no Twitter as contas: Pista Limpa, Floripa 24 Horas e Arteris Litoral Sul.

– Confira também como está o trânsito em tempo real verificando as câmeras de videomonitoramento da Secretaria de Segurança Pública.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.