Biguaçu bate novo recorde e aumenta estoque de trabalhadores formais para 19.481, segundo Caged

195
Publicidade

 

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Previdência Social informou, nesta quarta-feira (27), que Biguaçu continua batendo recorde na geração de empregos. Os dados divulgados são referentes ao mês de fevereiro de 2024 e apontam que o estoque de trabalhadores formais contratados pelas empresas instaladas no município chegou a 19.481 – o maior da história.

Conforme o Caged, a maior parte desse montante está no setor de Serviços (7.496 trabalhadores), seguido do Comércio (5.503), Indústria (4.050), Construção Civil (2.188) e, Agropecuária (244).

Publicidade

No mês de fevereiro, houve a criação de 143 novas vagas (quase o triplo das 54 criadas em janeiro), resultado de 1.060 admissões, menos 917 desligamentos. A Indústria foi o setor que teve o maior saldo no período (57), seguido dos Serviços (54), Construção Civil (27) e Comércio (7). O saldo da Agropecuária foi negativo (-2) no período.

O prefeito Salmir da Silva comemorou os números apresentados pelo Caged e lembrou que o município está no caminho certo. “Biguaçu é uma das cidades que oferece as melhores oportunidades para a instalação de empresas e geração de emprego e renda da região, possuindo uma localização estratégica próximo da Capital e de portos, fácil acesso via BR-101, além de um processo simplificado na Prefeitura de Biguaçu para abertura de novas empresas”.

Programas municipais de incentivo

A Prefeitura de Biguaçu, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, atua em duas frentes para o incentivo à criação e formalização de empresas e no preenchimento de vagas de emprego no município, com os programas Domicílio Fiscal e Biguaçu +Empregos.

O Domicílio Fiscal tem o objetivo de desenvolver e regularizar as empresas e profissionais autônomos prestadores de serviços não estabelecidos quanto ao Cadastro Mobiliário Municipal e atrair novos investimentos. Essa iniciativa visa estimular a formalidade das atividades econômicas, permitindo ao prestador a possibilidade de emissão de notas fiscais de serviços e de otimização do tempo quanto à burocracia na abertura de empresas. As empresas ou profissionais autônomos não estabelecidos que se interessarem em aderir ao programa poderão eleger como domicílio fiscal o endereço fiscal da Casa do Empreendedor, que fica junto à Secretaria.

Já através do Biguaçu Mais Empregos, as pessoas podem contar com o portal do programa para encontrar uma oportunidade de trabalho ou participar de cursos de capacitação gratuitos, na modalidade de Ensino à Distância. A plataforma, que pode ser acessada através do site da Prefeitura: www.bigua.sc.gov.br, possibilita o cadastro de currículos e empresas e a candidatura às vagas disponibilizadas, de forma prática e totalmente gratuita.

Além disso, a Prefeitura de Biguaçu realizou, no ano de 2023, dois Feirões de Emprego – evento organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico para conectar empresas que necessitam contratar profissionais e candidatos a vagas de emprego. Nas duas edições do feirão, mais de 1.500 pessoas entregaram currículos para concorrer às vagas ofertadas.

Em março de 2024, foi realizado o 3º Feirão de Empregos, que possibilitou o contato de aproximadamente 500 candidatos a vagas de emprego com 22 empresas que ofereceram oportunidades em diversas áreas. Os números de eventuais contratações nesta edição do feirão ainda não aparecem nos dados divulgados hoje pelo Caged, que são de fevereiro.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui